Descubra como a gestão estratégica de pessoas pode ajudar a sua empresa!

O gerenciamento de pessoas é um fator de muita relevância para uma empresa, pois as transformações em componentes de recursos humanos não são tão simples quanto as de ferramentas ou equipamentos por diversos fatores, como o período necessário para adaptação, compartilhamento de informações e o próprio gasto referente a esse processo.

Por essa razão, maneiras de realizar uma gestão capaz de melhor aproveitar os potenciais dos recursos humanos tem surgido a fim de favorecer os empreendimentos. Nesse contexto a gestão estratégica de pessoas se inclui como uma possibilidade. Vamos falar mais sobre o assunto.

O que é a gestão estratégica de pessoas?

A gestão estratégica de pessoas leva em consideração a variação das necessidades dos colaboradores segundo, por exemplo, a teoria da pirâmide de Maslow. Isto é, compreende-se o ser humano conforme seus diversos aspectos, como necessidades materiais e emocionais e também de acordo com o ciclo que ele vivencia em sua vida e na organização.

A partir dessa compreensão, são criadas estratégias e ações para melhor direcionar os potenciais humanos da empresa e qualificá-los para a atuação nesse espaço. Resumidamente, podemos dizer que esse modo de gestão substitui a visão do colaborador como funcionário e engloba seus aspectos humanos como um todo para pensar em modos de gerenciamento mais eficientes dos recursos humanos.

Conheça alguns pilares da gestão estratégica de pessoas

Como é comum entre as metodologias desenvolvidas para aprimorar os empreendimentos, é possível encontrar diferentes propostas que dizem respeito a modos de aplicar a gestão estratégica de pessoas. Aqui vamos abordar alguns pilares que podem auxiliar a colocar essa proposta em prática.

1. A motivação é algo pessoal e variável

Quando falamos em motivação, de um modo geral, queremos dizer de algo que é capaz de movimentar uma pessoa, de fazer com que ela se mantenha firme em direção a um objetivo. No caso da sua empresa, a motivação deve direcionar o colaborador em direção ao sucesso do seu empreendimento.

Contudo, o erro de muitos modos de gestão é compreender a motivação como uma coisa estática e definida, mas, como já sugerimos, ela compreende fatores emocionais e materiais que são variáveis de acordo com o ciclo do colaborador na organização.

Por exemplo, para uma pessoa que tem como principal necessidade no momento a melhoria financeira, um bônus salarial pode ser um motivador eficiente. No entanto, é possível que para outra, o mais relevante naquele instante seja qualificação ou tempo, portanto, um curso ou folgas são motivadores mais interessantes. É importante que o gestor entenda quais as principais necessidades dos colaboradores naquele momento e use isso como motivador.

2. A comunicação é fundamental para o trabalho em equipe

Uma vez que diversas pessoas estejam envolvidas em uma atividade em comum, para que ela flua, é necessário que a comunicação entre as partes funcione bem. Como fazer isso? Canais e ferramentas podem auxiliar nesse sentido e essa é a parte mais obvia. Todavia, não é a única.

Meios efetivos de comunicação também dizem respeito à linguagem e escuta. É preciso desenvolver estratégias que ajudem seus colaboradores a falarem a mesma linga e serem capazes de escutar uns aos outros. Para isso, só mesmo investindo em convivência, clima organizacional e na aproximação entre os membros da equipe, inclusive dos diferentes níveis hierárquicos.

3. Qualificação é sempre um investimento acertado

Não poderíamos deixar de mencionar a importância da constante qualificação para que a gestão estratégica de pessoas funcione. Tanto os líderes quanto os demais colaboradores devem estar alinhados quanto aos elementos determinantes para empresa, atividades e fluxos de ação. Para isso é fundamental que existam capacitações. Também é válido investir em qualificações que facilitem os processos de comunicação e relacionais.

Agora você sabe o que é a gestão estratégica de pessoas e como alguns dos seus pilares podem ajudar a sua empresa a aproveitar melhor os seus recursos humanos. O que você pensa sobre o assunto? Deixe um comentário com a sua opinião!

share post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *