Gestão de custos para o sucesso do negócio

Uma empresa necessita de uma gestão de custos altamente eficiente para conseguir alcançar o tão sonhado sucesso financeiro! O empreendedor deve conhecer bem o próprio negócio, afinal, a sabedoria é a principal chave para fazer uma boa administração e bom gerenciamento dos produtos ou serviços. 

Diante das dificuldades dos empreendedores, fizemos este post para mostrar o que é a gestão de custos e como evitar gastos superficiais. Não deixe de conferir! 

Gestão de custos

Na gestão de custos não se pode ter colaboradores descapacitados, pois existirão grandes probabilidades de adotarem hábitos desnecessários de consumo, o que pode ser a razão de metas não alcançadas. Implemente na sua empresa uma política de contenção de custos, de forma a exigir resultados em curtos prazos. 

Um bom exemplo de gastos desnecessários é a utilização de copos plásticos e papéis, procure utilizar documentos digitalizados, canecas ou copos personalizados para ajudar na economia da compra de produtos.

Pequenos gastos podem fazer toda a diferença e com o passar do tempo a redução destes pequenos custos será percebida. Além disso, os colaboradores trabalharão de forma sustentável e econômica. 

Quais são os principais objetivos da gestão de custos?

A gestão de custos pretende aumentar a segurança do proprietário no momento de definir a margem de lucro de cada item da empresa. Por esse motivo é necessário fazer uma análise bem detalhada de cada componente, apurando de forma consistente todas as despesas da instituição. O controle correto de todos os gastos influencia diretamente nos resultados das empresas. Confira as principais funções da gestão de custos:

  • Auxiliar no planejamento, controle e desenvolvimento dos procedimentos;
  • Disponibilizar informações sobre o desempenho e rendimento de todas as atividades da empresa;
  • Disponibilizar informações que possam ajudar na tomada de decisões. 

Quais são os principais benefícios da gestão de custos?

Evitar gastos superficiais 

Os gastos superficiais são considerados todos aqueles custos desnecessários. A conta de luz é um bom exemplo, pois em valores exorbitantes, ela estará causando um grande prejuízo para a empresa. Sabendo disso, instale luminárias com sensor de movimento nos locais que têm pouco movimento, adote a cultura de apagar as luzes e desligar os computadores que não estão sendo utilizados. 

Verifique também o plano de telefonia se não existe outras ofertas no mercado com preços mais acessíveis. Existem vários tipos de gastos e com uma análise detalhada você conseguirá identificar quais estão prejudicando o rendimento da sua empresa. 

Mais qualidade aos serviços e produtos

Uma empresa que faz a gestão de custos de forma adequada, tende a obter mais qualidade nos seus produtos e nas prestações de serviços.  Quando se descobre a necessidade dos clientes, a tendência é disponibilizar somente aquilo que se espera.

Aumento da lucratividade

Em uma gestão de custos, toda ação tem influência direta nos resultados da empresa. Desse modo, quando você corta os gastos desnecessários, os lucros começam a aumentar de forma gradativa. Quando há um corte nas despesas, às vezes você nem precisa ampliar as vendas para bater uma meta. 

Aproveite para aprofundar um pouco mais no assunto lendo nosso post: Por que separar as finanças pessoais das empresariais?

share post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *